acessibilidade

Início do conteúdo da página

Infraestrutura


 O curso de Pós-Graduação em Zootecnia da UFGD possui 6 laboratórios principais e 4 laboratórios (da FCA) que dão suporte as pesquisas do programa, além de 8 setores de pesquisa, que serão descritos a baixo:

  LABORATÓRIO DE NUTRIÇÃO ANIMAL conta com área de 120 m2 onde são realizadas principais análises de alimentos: proteína bruta (PB), fibra bruta (FB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), lignina, extrato etéreo (EE), energia bruta (EB), amido e minerais. São analisadas, aproximadamente, 3000 amostras por ano no Laboratório de Nutrição Animal, todas ligadas aos trabalhos de graduação e dissertações de mestrado. O laboratório já deu suporte a mais de 300 trabalhos de graduação dos quatro cursos da FCA. Além dos equipamentos para as análises de rotina o laboratório de Nutrição conta com equipamentos tais como: Espectrofotômetro infravermelho, digestibilidade in vitro e cromatógrafo gasoso para determinação de ácidos graxos voláteis.

  LABORATÓRIO DE TECNOLOGIA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS conta com uma área de 65 m2 destinada à realização das principais análises físico-química de alimentos, com ênfase na analise de carcaças e carnes. O laboratório esta equipado para realizar as seguintes análises: pH, maciez, textura, força de cisalhamento, cor, umidade, cinzas, proteínas, gordura, capacidade de absorção de água, capacidade de retenção de água, unidade Haugh, índice gema. Além dos equipamentos para as análises de rotina o laboratório de Nutrição conta com equipamentos para a produção de embutidos e um criostato de chão para realização de estudos histológicos. 

  LABORATÓRIO DE CARNES E ABATEDOURO EXPERIMENTAL: possui área de 280,50 m2 e é composta por: plataforma de recepção, sala de sangria, escalda e depenagem (área suja) e sala de evisceração. Também apresenta uma sala de desossa, sala de estocagem de caixas, câmara fria (área limpa), escritório, sala para lavagem de botas e aventais, sala para expedição, banheiros, estacionamento, área de gramado, cercas, contenção de dejetos e contenção de água. O abatedouro serve de apoio para os professores do programa de Pós-Graduação em Zootecnia que desenvolvem suas pesquisas nas áreas de avaliação de carcaças e qualidade de carne.

  LABORATÓRIO DE MANEJO DOS RESÍDUOS AGROPECUÁRIOS conta com uma área de 65 m2 de laboratório e 120 m2 de anexos. Está equipado com os principais aparelhos para realizar as analises de resíduos agroindustriais: pH, alcalinidade, sólidos totais, sólidos voláteis, sólidos sedimentáveis, DQO, DBO, nitrato, nitrito, amônia, metano, dióxido de carbono e carbono. Também são realizadas as análises microbiológicas dos resíduos como colimetria, salmonela, esporulados, fungos filamentosos e leveduras. Em anexo a este laboratório existe a área experimental onde são realizados os trabalhos de compostagem e biodigestão. Esta área experimental conta com sistemas de composteira estática para tratamento e reciclagem de carcaças, reatores anaeróbios semi-contínuos e 56 reatores anaeróbios modelo batelada.
  
  LABORATÓRIO DE BIOTECNOLOGIA APLICADA À PRODUÇÃO ANIMAL é um dos laboratórios de biotecnologia mais equipado do Estado do Mato Grosso do Sul e realiza a as principais análises relacionadas a biologia molecular. O laboratório dá suporte às aulas práticas de graduação e pós-graduação do curso de Zootecnia e de outros cursos da UFGD. O laboratório conta com Termociclador Simples – Esco Swift Mini - 1Balança analítica 210g/4casas – Sartorius - 1Termociclador com Gradiente - Bio-Rad - 1Fonte Eletroforese EC3000XL  - Thermo Scientific - 1Centrífuga refrigerada Eppendorf 5430-R + Rotor F45-30-11 - 30 tubos 1,5/2,0ml + Rotor de ângulo fixo, marca Eppendorf, mod. F-35-6-30 - 1Cuba Grande de Eletroforese Vertical - Thermo Scientific - 1Fonte eletroforese - Bio-Rad - 1Centrifuga de Bancada Eppendorf 5418 - 1Mini Centrífuga Eppendorf MiniSpin - 1Kit com 4 pipetas (0,5-10ul; 2-20ul; 10-100ul; 100-1000ul) - 1Freezer 203L Eletrolux FE26 - 2Forno Microondas 31 L – Eletrolux - 1Refrigerador Duplex 334L – Cônsul - 2Agitador de tubos tipo Vortex - 2Banho Maria - 1PHmetro - 2Fotodocumentador UVP, modelo PhotoDoc-It 55 – Filtro UV Coomassie Blue + Filtro Syber Green+ Filtro Silver - 1Destilador de água - 1Estufa de secagem e esterilização - 1Capela de exaustão de gases - 1Autoclave vertical - 1Capela de fluxo laminar vertical - 1Centrifuga de angulo fixo - 1Barrilete em PVC - 2Synergy bivolt + mod. Synergypak1 agua or/Elix + Cartucho biopak 1 und/cx. - 1Balança semi-analítica- Bel - 1Cuba média Eletroforese Horizontal - Bio-Rad - 2Cuba média Eletroforese Vertical - Bio-Rad - 1Espectrofotômetro quantificador de DNA/RNA, modelo NANOPhotometro Pearl (IMPLEN)-1.

  LABORATÓRIO DE FORRAGICULTURA conta com uma área de 114m2 e possui como função básica dar suporte as aulas de Forragicultura da graduação e Pós-graduação, além das pesquisas do curso de Zootecnia e Agronomia da FCA-UFGD. Neste laboratório são preparadas as amostras coletadas no campo para posteriores análises bromatológicas (secagem, moagem e armazenamento de amostras). Possui também, toda estrutura de equipamentos necessárias para realizar as avaliações histológicas dos tecidos vegetais. Também são realizados neste laboratório os ensaios de ensilagem e fenação.

  LABORATÓRIO DE SOLOS conta com uma área de 138,00 m2 sendo utilizado para aulas práticas da graduação e pós-graduação e para as pesquisas do programa. O laboratório está equipado para a realização das principais analises de físicas e químicas do solo e da planta. Os principais equipamentos são: dispersores de solo, homogeneizador por ultra som, penetrógrafo de bancada, consolidometro de bancada, vane-test, extrator de Richards, aparelho de yoder, espectrofotômetro de absorção atômica, espectrofotômetro, fotômetro de chama, peagâmetro, agitador de tubo de ensaio, agitador mecânico, agitador magnético, agitador de peneira mecânica a seco, agitador de peneiras úmido - tipo yoder(dois) e demais aparelhos necessários.

  LABORATÓRIO DE SEMENTES conta com uma área de 190,0 m2 utilizado para aulas práticas de armazenamento de grãos, tecnologia de sementes, fisiologia vegetal e pesquisas relacionadas com qualidade de semente. O laboratório apresenta como principais equipamentos: Câmara seca com 23,82m2, Câmara fria com 16,68m2, Balança de torção, Sopradores Elo's, Diafanoscópio, Centrífuga, Divisor de amostra, Divisor de semente Elo's, Balança, Prensa para papel, Determinador de umidade, Lupa circular, Geladeira, Estufa Fanen, Câmara envelhecimento acelerado Elo's, Germinador BOD, Câmara de germinação, Câmara de germinação de temperatura alternada, Mesa para germinadores, Plantador de semente a vácuo e Divisor de sementes - com 16 canais.

  LABORATÓRIO DE FITOPATOLOGIA conta uma área de 130,0m2 este laboratório do suporte para as áreas de Forragicultura e de Microbiologia. Este é composto por: salas de preparação de meios de cultura e esterilização, sala de pesagem, sala de isolamento, sala de diagnose, sala de incubação, sala de nematologia e sala de microscopia. Principais equipamentos do laboratório são: Autoclave, Micro-ondas, Peagâmetro, Balança analítica, Câmara asséptica, sendo uma com fluxo laminar, Estufa incubadora, Câmara de incubação, com controle de fotoperíodo, Microscópio ótico e estereoscópico, Centrífuga para extração de nematóides de solo e raízes, Microscópio com vídeo, Microscópio ótico, Microscópio estereoscópico, Agitador de tubos, Câmara asséptica, Câmara asséptica com fluxo laminar, Câmara asséptica de fluxo laminar horizontal de dois postos, Estufa para cultura bacteriológica, Compressor-aspirador de ar com manômetro, Editor de vídeo Fotovix, Datashow, Equipamento para contagem de colônia.

  LABORATÓRIO DE FISIOLOGIA VEGETAL conta com área de 60 m2 e equipado para realizar as principais avaliações fisiológicas de plantas. Principais equipamentos são: Integrador de área foliar, Condutivímetro, Micrótomo, Equipamento para eletroforese, Freezer, Medidor de Clorofila clorofilômetro/minolta SPDA, medidor de fotossíntese e transpiração LCI portátil.

  Com a criação da UFGD em 2007 a FCA recebeu investimentos para a expansão da fazenda experimental, que se intensificaram nos últimos anos. Nessa expansão foram construídas quatro salas de aula com capacidade para 48 alunos cada, um laboratório, duas salas administrativas, uma sala de múltiplas atividades, um almoxarifado, cozinha, sanitários masculino e feminino e um alojamento com quatro beliches femininos e quatro masculinos. Além da compra de novos implementos e maquinários agrícolas necessários para preparo de solo, plantio, colheita e irrigação que cobre 30 % da área da fazenda.

  A Fazenda Experimental conta com uma área de 298 ha, na qual estão os setores que serão descritos abaixo:
  SETOR DE OVINOCULTURA possui infraestrutura que permite a avaliação do desempenho de animais mantidos em pastagens e confinamento, facilitando o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à suplementação e avaliação da qualidade de alimentos. Está instalado em uma área de 17 ha, apresentando 10 ha de pastagens (a maioria com divisões, objetivando o pastejo rotativo). Dos aproximadamente 300m² de área construída, fazem parte: Um barracão para com 48 baias individuais (2 m²) para estudos que necessitam de individualidade. Uma central com curral para apartação, tronco coletivo, balanças mecânica e eletrônica. Também está presente um barracão de alvenaria, para abrigo de máquinas e estocagem de matérias primas, além das instalações para os funcionários (vestiário e banheiro). Setor ainda estão presentes uma sala para estudantes da graduação e pós-graduação, equipada com ar refrigerado e lavatório. O setor oferece também estágios curriculares e extracurriculares, contempla atividades de extensão envolve dias de campo, palestras e eventos técnico-científicos. O rebanho é de aproximadamente 250 ovinos “Pantaneiros” e 50 da raça Suffolk.

  FÁBRICA DE RAÇÃO: A Fábrica de Ração possui uma área construída de 20 m2 sendo utilizada para as aulas dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação do Câmpus estrutura disponível permite a produção de rações que atendem as características peculiares a todas as espécies animal estudada no Campus. 

  SETOR DE AVICULTURA: composto por dois galpões experimentais para os experimentos com avicultura de corte e avicultura de postura. O primeiro galpão conta com uma área de 500 m2 equipado com sistema de controle automático da temperatura “pad cooling” e dividido em 56 boxes experimentais. O segundo apresenta 60 m2 e capacidade para 600 galinhas poedeira em sistema de gaiolas piramidal com três andares, além de sala de ovos e deposito de ração.
  
  SETOR DE SUÍNOS: possui dois galpões para crescimento e terminação composto por 12 baias coletivas utilizadas para a realização de pesquisas na área de comportamento e bem-estar animal. Uma UPL (unidade produtora de leitões), em processo de licitação, galpão de gestação composto tanto por gaiolas individuais e quanto baias coletivas (para pesquisas na área de comportamento e bem-estar), maternidade e creche, além de uma sala de coleta de sêmen e laboratório de IA. O setor também contará com um sistema de biodigestão anaeróbia para o tratamento dos efluentes.

  CONFINAMENTO EXPERIMENTAL DE BOVINOS: esta área esta aguardando o processo de licitação e prevê a instalação de 30 baias, com 8 m2/cada, equipadas com cochos e bebedouros individuais, dispostas em dois segmentos de 15 baias, separadas por um corredor central com cobertura. Como apoio será construído uma central de manejo composta por curral, seringa, brete e tronco de contenção e embarcadouro.

  O Programa de Pós-Graduação em Zootecnia possui três convênios de cooperação com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UEMS Unidade de Aquidauana, Embrapa – CPAO (Dourados) e Embrapa – CNPGC (Campo Grande), para a realização das pesquisas referentes à bovinocultura de leite, piscicultura e bovinocultura de corte, já com diversas dissertações defendidas (descritas no item “Intercâmbios nacionais”). Gostaríamos de ressaltar que estes setores não pertencem a UFGD, mas como os pesquisadores destes locais orientam alunos do nosso programa (docentes) houve a necessidade de descrever esses setores.

  ÁREA DE BOVINOCULTURA DE CORTE (Embrapa – CNPGC): local destinado a avaliação de espécies forrageiras, valor de cultivo e uso, integração-lavoura-pecuária-floresta e desempenho animal em pastagem. Possui área de 20 ha, subdivididas em piquetes de 0,25 ha para pastejo rotativo com diversas espécies de Panicum e Brachiaria. Os piquetes possuem rede de água com bebedouro de concreto em cada piquete. Possui central de manejo com com balança eletrônica, tronco de contenção e embarcadouro. O rebanho é de 150 animais experimentais vindos do rebanho do melhoramento da Embrapa Gado de Corte (cruzas das raças Angus, Senepol, Caracu, Nelore). 

  SETOR DE BOVINOCULTURA DE LEITE área de 49 hectares, sendo 3.600m2 de instalações e 45,5 ha destinados a produção de forragem. Atualmente o rebanho possui 100 animais de diferentes faixas etárias, destes 8 novilhos possuem cânulas para os experimentos que envolvem parâmetros ruminais. Infere-se também a criação de 14 vacas, 6 bezerras e 3 bezerros de um rebanho puro de bovinos da raça Pantaneira, um gado naturalizado do Pantanal e que encontra-se em extinção (menos de 500 cabeças no Brasil). Possui um estábulo contendo 01 sala de ordenha mecânica espinha de peixe com linha baixa para 8 vacas, sala de leite, curral com tronco, brete com balança, curral de alimentação coberto com cochos individuais (30 vacas), sala de experimentação com vacas (10 baias), sala para armazenamento de ração, sala para triturar forragem e misturar rações, sala de medicamentos veterinários, escritório, vestiários, sala de arreios/carroça e almoxarifado. Ainda, um bezerreiro com área total de 400,0 m2, um galpão para Experimentos com Novilhas (28 baias), e um silo trincheira em alvenaria. 

  LABORATÓRIO DE PISCICULTURA (Embrapa – CPAO): Sistema de criação em caixas d’agua de 1000L (12), com sistema auto limpante. Sistema em caixas para avaliação de digestibilidade em peixes, sala de microbiologia/imunologia, sala de microscopia e laboratório de análise de água.

Além dos laboratórios e setores de pesquisa o programa de Pós-graduação tem a disposição 07 salas de aula com capacidade para 35 pessoas equipadas com ar condicionado, data show, retroprojetor e acesso a internet. 

  Possui também um Anfiteatro climatizado com capacidade para 214 pessoas equipado com projetor de slides, tela de projeção, aparelho multimídia, microfone e som. Este local é utilizado para a realização de palestras, conferências, workshops, defesas de dissertações do programa e também pela comunidade acadêmica.

 O Câmpus II da Universidade Federal da Grande Dourados permite aos docentes e discentes da instituição, acesso livre a internet (por cabo ou “wireless”) em todas as dependências da Universidade, permitindo assim comunicação com qualquer outra instituição do Brasil e do mundo, além de total acesso ao Portal Periódicos da Capes. O acesso ao portal de Periódicos da CAPES pode ser feito pelos docentes e discentes de maneira remota, pois o provedor de Identidade da UFGD foi completamente integrado à Comunidade Acadêmica Federada (CAFe) da CAPES. Isto facilita a busca de informação dos docentes e alunos, sem a necessidade do pesquisador estar conectado a rede física da UFGD.

  A UFGD oferece à sua comunidade a possibilidade de realizar transferência de informação através de salas de videoconferência de alta definição. Esta tecnologia permite o contato dos docentes do programa com pesquisadores de diferentes regiões do Brasil e do mundo, facilitando assim a participação destes nas bancas e reuniões científicas do programa. O programa tem acesso a duas salas de vídeo conferência para esses fins, que são:

  SALA DE VÍDEO-CONFERÊNCIA FAED: 
01 Sistema de Vídeo Conferência de alta definição com Codec, Câmera e microfone, além de um Televisor LED 46”.

  SALA DE VÍDEO-CONFERÊNCIA COIN: 
01 Sistema de Vídeo Conferência de alta definição com Codec, Câmera e microfone, além de um Televisore LED 46”.

Existem dois laboratórios exclusivos dos docentes e discentes da FCA. Composto por 39 microcomputadores ligados em rede e que são utilizados para aulas e trabalhos de pesquisa. 

  LABORATÓRIO DE INFORMATICA DA PÓS-GRADUAÇÃO FCA: Sala para estudo com 14 (quatorze) computadores: 6 (seis) maquinas Athon X2 4000, 1 GB RAM, HD 80GB, Placa de Vídeo 256 GB, monitor LCD 17 e 8 (oito) maquinas epcom Pentium-4 3.2Ghz com 512Mb de memoria Ram monitor de 17'',  todos com conexão a internet ADSL e impressora ligada em rede.

  LABORATÓRIO DE INFORMATICA DA FCA: Laboratório com 25 (vinte e cinco) computadores de uso individual, Athon X2 4000, 1 GB RAM, HD 80GB, Placa de Vídeo 256 GB, monitor LCD 17, todos com conexão a internet ADSL e impressora ligada em rede. Seis Notebook e Seis aparelhos de Projetor Multimídia (data show).

  SOFTWARES INSTALADOS NOS RESPECTIVOS LABORATÓRIOS: 

Sistema Operacional Windows 7 Professional 64 bits
Internet Explorer/Mozilla Firefox/Chrome 
LibreOffice 
SAS
R
Auto Cad
Skype
SAEG
Estat
Anti-Vírus 
Compactador de Arquivos
Adobe Acrobat
Maple
Google Earth

 Complementando essa infra-estrutura, a FCA possui salas específicas para os docentes (permanentes, visitantes e colaboradores) e alunos de Pós-Doutorado, com microcomputadores que usufruem dos recursos disponíveis da rede da UFGD.


CONTATO

Rodovia Dourados/Itahum, Km 12 - Unidade II | Caixa Postal: 364 | Cep: 79.804-970
(67) 3410-2358
pgz@ufgd.edu.br
Fim do conteúdo da página