acessibilidade

Início do conteúdo da página

PROJETOS EM DESENVOLVIMENTO


PROJETOS DE MESTRADO

Área de Concentração: LITERATURA E PRÁTICAS CULTURAIS 

a) Linha de Pesquisa: LITERATURA E ESTUDOS REGIONAIS, CULTURAIS E INTERCULTURAIS 
 
1 - Projeto de Pesquisa: A literatura brasileira nos Estados Unidos Da América: brazilian-american literature
 Professora Responsável: LEONÉ ASTRIDE BARZOTTO

Apesar da imigração brasileira nos Estados Unidos ser recente, a expressão literária cresce nesta comunidade como forma de representação sociocultural e manifestação de memórias coletivas, as quais passam do estatuto de nacional para o universal, onde um escritor-imigrante é nitidamente transnacional e faz da ruptura-imigração, e das experiências advindas dela, sua fonte de inspiração; uma vez que pela criação literária interliga passado e presente, dando sentido ao seu entre-lugar. Tal produção costumava ser enquadrada na Luso-American Literature, juntamente com a produção portuguesa e cabo-verdiana; porém, sem o consenso de todos os pesquisadores da área. Neste ínterim, Antônio Luciano de Andrade Tosta a denomina Brazuca Literature, ou seja, Literatura Brazuca, muito embora Margolis (2013) revele que a maioria dos brasileiros não usa a abreviação “brazuca”, preferindo simplesmente “brasileiro/a”. Há, também, a denominação de Literatura da diáspora lusófona. De minha parte, eu prefiro chamar esta produção de Literatura Brasileira-Americana / Brazilian-American Literature. Tosta (2005, p. 715) explica que “Literature soon became one of the ways through which Brazilian immigrants “documented” their experiences in the US. I am calling the genre composed by these texts “Brazuca” literature?”. Neste contexto, o gênero romance predomina, agindo como importante documento a discutir não somente a imigração brasileira nos Estados Unidos, mas as culturas do Brasil e dos Estados Unidos, o que ajuda na compreensão de ambas as sociedades. Estes textos são escritos em língua inglesa, em língua portuguesa ou num misto dos dois. Logo, na recolha do cotidiano, o escritor literário expõe, de forma poética e inusitada, as problemáticas da imigração; para além disso, constrói um arquivo de memórias e representa a etnicidade brasileira em território norte-americano. Portanto, ao desenvolver este projeto, eu pretendo analisar a Literatura brasileira-americana das autoras Adriana Lisboa, Diana Menasché e Angela Bretas (imigrantes brasileiras residentes nos Estados Unidos), privilegiando os textos produzidos no século XXI, com vistas a entender como esta literatura de trânsito colabora (ou não) com o processo de inserção do indivíduo imigrante na sociedade exterior.
 
 1.1- Projeto de Pesquisa: A diáspora configurando os diálogos culturais interamericanos: do pós-colonial ao virtual
 Professora Responsável: LEONÉ ASTRIDE BARZOTTO

O projeto de pesquisa A diáspora configurando os diálogos culturais interamericanos: do pós-colonial ao virtual almeja investigar a linguagem e a literatura que concretizam os diálogos culturais entre as Américas, sobretudo aqueles expressos em língua inglesa. No entanto, a língua inglesa em foco não é a língua academicamente consagrada, mas sim a linguagem híbrida, miscigenada e afetada culturalmente pela força dos movimentos migratórios, a ponto de ser considerada, hoje em dia, uma língua franca ou de baldeação global. Nesse sentido, interessa-nos, sobremaneira, os movimentos diaspóricos existentes entre as Américas que, de uma maneira ou de outra, são expostos na linguagem e na literatura de forma a configurar os diálogos culturais interamericanos na contemporaneidade. Para tal, esse projeto estabelece três pontos essenciais de atuação: a linguagem; a literatura e a cibercultura. A linguagem (ou língua) como meio de expressão e comunicação entre as pessoas é um aspecto salutar a ser considerado nesse projeto porque é por meio dela que a construção literária e os diálogos culturais se efetivam; porém, ainda mais do que isso, a linguagem é responsável pela conexão humana, quer real ou virtual. Dessa forma, esse projeto visa reagir contra o preconceito que ainda existe em relação à miscigenação linguística (as ditas línguas crioulas, os pidgins, etc.) a fim de demonstrar que o multilinguismo é um fenômeno atual que revela os deslocamentos humanos e, por isso mesmo, modifica a linguagem constantemente. O segundo ponto de atuação fica a cargo da literatura, mais precisamente a literatura pós-colonial, pois a literatura é uma das mais proeminentes expressões culturais da humanidade e dela, muitas vezes, conseguimos abstrair informações e dados que poderiam ser negligenciados ou censurados se veiculados a outras formas de propagação.
 
Temas de orientação: Literaturas de língua Inglesa nas Américas; Literatura pós-colonial; Literatura Chicana; Relações literárias interamericanas; Estudos culturais e literatura; Literatura Latino Americana; Mobilidades culturais; Imigração; Diáspora nas Américas; Literatura brasileiro-americana: os imigrantes brasileiros nos Estados Unidos.

 
2 - Projeto de Pesquisa:  Literatura brasileira contemporânea: memórias, autobiografias, história(s)
 Professor Responsável: PAULO BUNGART NETO

Descrição: Originário, em sua concepção, do projeto de pesquisa de Pós-Doutoramento realizado na UFMG entre agosto de 2013 e janeiro de 2014, o presente projeto pretende analisar e interpretar a diluição de fronteiras entre os discursos autobiográfico, ficcional e histórico tendo como corpus obras memorialísticas e romances produzidos a partir da década de 1970, sobretudo por escritores que, de forma direta ou não, vinculam-se à resistência à ditadura militar, tais como Autran Dourado, Carlos Heitor Cony e Silviano Santiago, e exilados como Fernando Gabeira, Ferreira Gullar, Paulo Francis, Flávio Tavares, Carlos Eugênio Paz e outros. Seus depoimentos, na maioria das vezes, mesclam recordações pessoais ("autobiográficas", portanto) e fatores políticos e ideológicos ("históricos", passíveis de serem comprovados "documentalmente"), resultando em obras híbridas que pertencem tanto ao domínio da literatura quanto ao da história e/ou do jornalismo. Para isso, serão utilizados como aporte teórico estudos diretamente relacionados aos subgêneros memorialísticos, tais como: "O pacto autobiográfico" (Philippe Lejeune, 2008), "A memória coletiva" (Maurice Halbwachs, 2006), "Seduzidos pela memória" (Andreas Huyssen, 2000), "Tempo passado" (Beatriz Sarlo, 2007), e "O espaço biográfico" (Leonor Arfuch, 2010), bem como obras que abordam a complexa relação literatura/história, como por exemplo "História e memória" (Jacques Le Goff, 2003), "Trópicos do discurso" (Hayden White, 2001), e "Poética do Pós-Modernismo" (Linda Hutcheon, 1991), dentre outros.
 
Temas de orientação: Literatura brasileira contemporânea e sobre a relação entre memória, ficção e história; textos autobiográficos relacionados à ditadura militar e ao período da história recente do Brasil.

 
3 - Projeto de Pesquisa: Literatura em tempo de violência e denúncia: a produção literária de Susana Gertopan.
 
Professora Responsável: ALEXANDRA SANTOS PINHEIRO

Descrição: Representações literárias em Susana Gertopán e Renée Ferrer: Exílio, ditadura e sobrevivência: analisa duas obras literárias: El otro exílio (2007), de Susana Gertopán, e La Querida (2008), de Rennée Ferrer. As duas narrativas ficcionais têm alguns pontos em comum: tratam-se de autoras reconhecidas pela crítica literária paraguaia e representam temas como a ditadura, o exílio e a opressão. Pelo viés dos Estudos Culturais, buscamos compreender como as autoras paraguaias problematizam questões que marcaram não apenas a história do Paraguai como a de outros países da América Latina. O referencial teórico utilizado para a análise está voltado para a questão da Representação, da Memória e da escrita de autoria feminina: Roger Chartier (2002); Antoine Compagnon (2012); Paul Ricouer (2007); Maurice Halbwachs (2006); Linda Hutcheon (1991) e Marcia Navarro (2010). Ao longo da análise, outras referências serão utilizadas
 
3.1- Projeto de Pesquisa: Entre vidas e leituras: análise das práticas de leitura literária dos formandos do curso de Letras da UFGD-MS.
 
Entre vidas e leituras: análise das práticas de leitura literária dos formandos do curso de Letras da UFGD-MS: Descrição: A investigação em torno da formação de leitores literários, a nosso ver, deve abranger todos os elementos que estruturam o processo de leitura do texto literário: acesso aos livros, políticas públicas, bibliotecas escolares, práticas leitoras dentro e fora da sala de aula etc. A esse conjunto de fatores que podem contribuir ou não para a formação de leitores, somamos a urgência em se pensar o lugar da universidade, em especial, para a pesquisa que se apresenta do curso de Letras, na preparação dos professores que serão os mediadores principais entre o livro literário e os possíveis novos leitores. O projeto propõe-se a investigar as práticas de leitura literárias dos formandos(as) do curso de Letras-UFGD, nos anos de 2012, 2013 e 1014. A investigação será realizada por meio de entrevista que procurará contemplar a convivência que, no decorrer de suas vidas e nos quatro anos de graduação, esses estudantes tiveram com a obra literária. Os trabalhos de Lajolo (2002); Bordini (1998); Junqueira (2004); Zilberman (2009); Cosson (2006); Freire (1989); Pinheiro (2010; 2011), para citar apenas alguns exemplos, nortearão a presente pesquisa. A ênfase dada aqui não será a de julgar o mérito do curso, mas sim, a de dar voz aos(às) acadêmicos(as) do último ano da graduação em Letras, identificar as experiências que os constituíram, compreender que quatro anos de formação parece pouco diante de sujeitos marcados pela ausência de livros literários e de práticas de escrita e, por fim, buscar, a partir dos resultados, promover o debate com os colegas e com os próprios discentes para, juntos, encontrar estratégias para ressignificar o lugar da Literatura nos cursos de Letras, em especial, no da UFGD.
 
Temas de orientação: Ensino de literatura; práticas de leitura; escrita de autoria feminina.

4 - Projeto de Pesquisa: Políticas públicas de leitura e o cânone da literatura infantojuvenil brasileira
 
Professora Responsável: CELIA REGINA DELACIO FERNANDES
 
 
Descrição: Este projeto objetiva analisar o processo de seleção das obras literárias para o ensino fundamental, do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) especialmente nos anos de 2006 a 2014, período histórico que teve o Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita (CEALE) da UFMG como órgão responsável pela avaliação pedagógica dos livros de literatura para crianças e jovens a serem selecionados para a composição dos acervos de bibliotecas das escolas públicas brasileiras. Para tanto, propõe uma abordagem fundamentada nas contribuições da história cultural e o seu desenvolvimento será realizado mediante procedimentos de localização, recuperação, reunião, seleção, ordenação e análise de fontes documentais e de bibliografia especializada. Assim, a pesquisa pretende compreender a importância das políticas públicas de leitura na constituição de um cânone de obras literárias para crianças e jovens e contribuir para subsidiar a construção da história da literatura infantil e juvenil no Brasil.
 
Temas de orientação: Ensino de Literatura; História da leitura e da escrita; Literatura infantil e juvenil; Literatura indígena; Políticas públicas e Formação de leitores e de escritores. 
 
5 -  Projeto de Pesquisa: Regionalismos culturais: contatos e relações entre literaturas de fronteira
 
Professor Responsável: PAULO SERGIO NOLASCO DOS SANTOS
 
Descrição: O projeto propõe-se a refletir sobre o universo artístico-literário e cultural da região que compreende o entorno do Pantanal mato-grossense. Trata dos regionalismos culturais, trocas-transferências-traduções, geradores de discursos que atravessam fronteiras e reconfiguram diferenças e outras formas de pertencimento, objetivando atualizar e assegurar a permanência do regional enquanto renovada categoria trans-histórica. Insere-se nesta perspectiva a questão das literaturas de fronteiras. A partir da região que o subscreve, o projeto mantém vínculos de produção de conhecimento e contatos com pesquisadores do Paraguai, tendo gerado relevantes produções bibliográficas, interação de conhecimento e eventos concretos, atraindo ainda diálogos e contatos com estudantes norte-americanos que vêm para palestra e jornadas acadêmicas.
 
Temas de orientação: Comparatismo literário: teoria, crítica; memorialismo.

 
b) Linha de Pesquisa: LITERATURA, CULTURA E FRONTEIRAS DO SABER 

1 - Projeto de Pesquisa: A ficção possível: leituras de narrativas portuguesas contemporâneas

Professor Responsável:  GREGORIO FOGANHOLI DANTAS

Descrição: O presente projeto tem como objetivo analisar e interpretar narrativas portuguesas contemporâneas a partir de três focos de interesse. Em primeiro lugar, a questão do engajamento na literatura, herdada dos neorrealistas e constitutiva da prosa de ficção portuguesa pós-modernista, na medida em que os exercícios formais contemporâneos não eliminaram uma profunda consciência do papel do escritor e da literatura no contexto pós-colonial e pós-ditadura. Em segundo lugar, uma questão formal: a prática da metaficção, compreendida aqui como um conjunto de procedimentos que promove a reflexão, no próprio texto, sobre sua construção. Ou seja, consideram-se metaficcionais o comentário do narrador acerca do fazer literário, a implicação do leitor e o ostensivo diálogo intertextual, manifesto na paródia, no pastiche ou na citação de gêneros narrativos consagrados (como o policial) ou narrativas canônicas específicas. Considera-se também metaficcional o hibridismo formal de narrativas que incorporam elementos de discursos contíguos ao da ficção, como a História e o Ensaio. Finalmente, em terceiro lugar, o projeto pretende fomentar o diálogo da prosa portuguesa contemporânea com narrativas de outras literaturas.
 
Temas de orientação: Narrativa portuguesa contemporânea, romance histórico, narrativa fantástica, narrativa policial, narrativa pós-modernista, metaficção.
 

2 - Projeto de Pesquisa: Literatura, linguagem e educação: perspectivas de abordagem
 
Professor Responsável: RENATO NESIO SUTTANA

Descrição: O desenvolvimento das capacidades de leitura e interpretação de textos faz parte de uma boa formação estudantil. Tanto no que diz respeito aos professores e profissionais do ensino, quanto no que concerne ao entendimento dos textos por parte dos estudantes, a leitura da obra literária oferece oportunidades de contato com uma experiência diferenciada da linguagem. Essa experiência permite vivenciar a leitura num nível de complexidade, dinamismo e ludismo a que, normalmente, não se associa a possibilidade do emprego cotidiano e pragmático das palavras. A proposta desta pesquisa é aprofundar estudos sobre o modo como se desenvolve a relação da literatura com o seu intérprete ou receptor (chamado normalmente de leitor), sendo levada a salas de aula nas escolas e universidades. Consideraremos a sua recepção entre leitores especializados (muitas vezes, críticos ou profissionais da criação ou da teoria literária), mas também nos voltaremos para o leitor dito comum, não especializado, encarnado muitas vezes na figura do estudante que tenta levar, de algum modo, um primeiro contato com essa experiência. Propomo-nos, nesta etapa, avançar na reflexão sobre a linguagem literária em sua relação com a leitura e o ensino, inquirindo os vários elementos que a constituem e a maneira como os leitores, polo importante do processo, se relacionam com essa linguagem. Buscando interrogar e compreender a maneira como se dá a recepção das obras por esses leitores, considerados menos experientes, interrogaremos, do ponto de vista de seus aspectos positivos, mas também de suas insuficiências e descontinuidades, as práticas que servem para viabilizar um ensino de literatura na escola, investigando os vários aspectos dessa relação que é também um modo importante de recepção da literatura entre esse gênero de leitores.
 
Temas de orientação: Poesia moderna e contemporânea em língua portuguesa; Literatura e Filosofia (e outros discursos); crítica e interpretação literária; questões de tradução literária.

3 - Projeto de Pesquisa: Simulacros fanopáticos do sujeito latino-americano
 
Professor Responsável: Paulo Custódio de Oliveira

Descrição: O Projeto de pesquisa Simulacros fanopáticos do sujeito latino-americano estuda o Cinema e a Literatura como sistemas semióticos que “agem” no contexto geopolítico, social e estético da América latina. O nome deriva de “fanopéia” por meio da qual, Ezra Pound classificou os textos poéticos saturam a imaginação do leitor de imagens visuais (POUND, 1973, 11). Nesse sentido, os estudos partem do princípio de que a Literatura comparada como um produto acabado de um processo evolutivo pelo qual esse campo de pesquisa deixou de ser uma prática de pesquisa voltada apenas para textos literários para se tornar uma reflexão mais ampla, mais consciente de sua condição de discurso, de locus da enunciação e de hegemonia midiática. O arco reflexo de seus posicionamentos críticos possibilitaram questionamentos até de seu próprio objeto de estudo, o que oportunizou a visibilidade e a comparação com o Cinema nesse contexto geocultural da América latina.
 
3.1- Projeto de Pesquisa: O diálogo contemporâneo da Literatura com outras mídias
 
Este projeto propõe-se refletir a relação da Literatura com outros suportes midiáticos na contemporaneidade. Ele parte do pressuposto de que a Literatura de nosso tempo está sendo constantemente convidada a dialogar com imagens visuais (seja na Pintura, na Televisão, no Cinema ou na Internet) e isso torna urgente uma reconstrução do seu conceito. Esse trabalho estabelece os impasses da tradução/transcriação de obras literárias para outros meios como ponto nevrálgico de discussão. Sem estabelecer relações de hierarquia decorrentes do fato de a Literatura estar na origem dos eventos e as outras artes estarem no final do processo, as análises procurarão demonstrar o momento em que a obra resultante tenha sido motivada a desenvolver mecanismos internos (de conteúdo ou de forma) condizentes com seu campo semiótico, constituindo-se (ou não) como obra independente.
 
Temas de orientação: Literatura e cinema; Literatura e pintura; Literatura e música; Literatura e filosofia.
 

Área de Concentração:  LINGUÍSTICA E TRANSCULTURALIDADE

a) Linha de Pesquisa: LINGUÍSTICA APLICADA E ESTUDOS DE FRONTEIRA 

1 - Projeto de Pesquisa: A escrita em situações de ensino e a construção de sentidos

Professora Responsável: EDILAINE BUIN BARBOSA
 
Descrição: Este projeto propõe descrever e analisar a construção dos sentidos em textos de alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio produzidos em situações de ensino/aprendizagem de Língua Portuguesa. O texto é entendido como um ponto em uma rede complexa de relações que envolvem interlocutores, propostas de produção, incluindo toda a dinâmica do ambiente escolar e da sala de aula. Serão focados elementos linguísticos responsáveis pela construção da coerência textual em situações de ensino de Língua Portuguesa, procurando ampliar a construção dos sentidos tradicionalmente direcionada para as atividades do sujeito para observá-los em situações interativas. Na captura dessas interações, procura-se dar especial atenção para o trabalho de Língua Portuguesa vinculado às diretrizes curriculares (PCN, PCNEM) que acentuam a importância do gênero textual como eixo para o desenvolvimento da leitura e da escrita. A partir disso, deverão ser elaboradas reflexões sobre a relação entre um trabalho com gêneros não escolares (e não mais com gêneros escolares ou com tipos textuais) e o impacto desse trabalho na construção dos sentidos nas escritas dos alunos. Para que isso se efetive, o Projeto prevê a geração (i) de um corpus vídeo-gravado de práticas de ensino de língua materna que envolva a construção da escrita, (ii) de um corpus das entrevistas com os professores, registrada; (iii) de um corpus, contendo a escrita de alunos produzida nessas práticas e as respectivas propostas e/ou sequências didáticas que a propiciaram. A seleção dos dados será de base qualitativa, partindo das questões referentes ao modo como o escrevente construiu a (in)coerência textual, sempre atento às marcas de reelaboração e às possíveis orientações que venham a intermediar a reescrita. As gravações poderão confirmar possíveis hipóteses em relação à influência de elementos contextuais, da prática de ensino, principalmente em relação à apropriação do gênero em foco, na elaboração dos textos. A investigação pretende contribuir com aprofundamento teórico sobre questões relacionadas ao ensino e aprendizagem de língua materna e também com a formação docente.
 
Temas de orientação: Aquisição da escrita; Práticas de Letramento; Letramento Digital; Ensino de Língua Portuguesa.

 
2 - Projeto de Pesquisa: Mediações Formativas e Ferramentas Didáticas na Formação Inicial e Continuada de Professores
 
Professor Responsável: ADAIR VIEIRA GONCALVES 

Descrição: Este projeto de pesquisa é fundamentado teórico-metodologicamente em pressupostos da Educação, Linguística Aplicada, Sociologia, Psicologia da Aprendizagem, Filosofia, Didática das Línguas, Novos Estudos do Letramento, Ergonomia da Atividade, Clínica da Atividade, Semiologia do Agir, e, sobretudo, nos pressupostos do Interacionismo Sociodiscursivo (ISD), tanto no seu quadro epistemológico de base, no seu modelo teórico-metodológico de análise de textos, na sua vertente didática (consolidada em uma engenharia movida por instrumentos didáticos), quanto na sua linha de investigação voltada para as relações entre linguagem e trabalho educacional, mais especificamente, no quadro do agir do professor. Para esta pesquisa, analisaremos a transposição didática externa e a interna de gêneros a partir de três pontos de vista: a) objetos e instrumentos de ensino; b) agir do professor; c) aprendizado do aluno. Para a efetivação das análises e sistematização/redução dos dados, será construído um dispositivo de pesquisa chamado por Cordeiro et al (2009) de Sinopse. Segundo os autores, em relação aos textos escritos, há uma longa tradição de ferramentas para tratamento de dados. Entretanto, a questão é diferente para o tratamento de dados gravados em aúdio e vídeo. A utilização da ferramenta Sinopse nos auxiliará na condensação e, consequentemtente, na efetivação dos objetivos gerais e específicos. Como objetivo geral, temos o propósito de estudar a utilização de instrumentos semióticos e psicológicos, no sentido defendido por Vygotsky (2008), pelos docentes em formação inicial e continuada, disponíveis para operar transformações (em docentes em formação inicial e continuada), tanto pela regulação social quanto pela autorregulação como meios de influência sobre si mesmo. Como objetivos específicos, iremos, em relação ao eixo da transposição didática externa: i) Problematizar objetos, instrumentos e gestos didáticos mobilizados em processo de transposição didática de gêneros; ii) Analisar se as sequências didáticas, os projetos didáticos de gêneros, projetos de letramento e outras formas de composição curricular, foram adequados às necessidades dos alunos (em relação às diversas capacidades de linguagem a serem desenvolvidas) tomando como norte os limites apresentados na produção textual dos estudantes; iii) Analisar as dimensões ensináveis de gêneros textuais/discursivos e relacioná-las às produções iniciais e finais dos alunos e à entrada de tais dimensões na reconfiguração das SDs, nos projetos didáticos de gêneros, nos projetos de letramento, etc. durante o processo de transposição didática; iv) analisar a transformação pela qual passam os objetos de ensino (de didatizados a ensinados). No eixo da transposição didática interna e à aprendizagem do aluno, os propósitos são: i) Analisar como os gestos didáticos fundadores do professor foram mobilizados na transposição didática interna de gêneros textuais/discursivos; ii) Analisar os gestos didáticos específicos (verbais ou não) que emergiram durante a transposição didática interna; iii) Analisar como os gestos didáticos mobilizados durante a transposição didática evidenciam a transformação dos procedimentos mencionados no eixo anterior, em instrumento do ator-professor; iv) Analisar a produção textual final dos estudantes, após a transposição didática dos objetos de ensino.
 
Temas de orientação: Letramento do professor; Produção escrita e oral.
 
3 - Projeto de Pesquisa: Línguas indígenas brasileiras: estudo 

Professor Responsável: ANDERBIO MARCIO SILVA MARTINS
 
Descrição: Com o presente projeto de pesquisa, pretende-se desenvolver um estudo histórico-comparativo da fonologia e do léxico das línguas que compõem as famílias linguísticas Karirí, Maxakalí, Yatê e Karajá, todas pertencentes ao tronco Macro-Jê (RODRIGUES, 1986, p. 56). Neste estudo, viso identificar e explicar mudanças fonológicas e gramaticais que teriam ocorrido nessas línguas, além de fundamentar hipóteses sobre os diferentes graus de relações genéticas entre elas. Pretendo também analisar a consistência dessas famílias linguísticas. O trabalho, aqui proposto, será fundamentado nos princípios teóricos e metodológicos do Método Histórico-Comparativo, o único método através do qual se pode demonstrar parentesco genético entre línguas e reconstruir partes de proto-línguas – léxico, fonologia, morfologia e morfossintaxe (HOCK, 1991, p. 545).
 
3.1 - Projeto de Pesquisa: Documentação, Descrição e Comparação de Línguas Indígenas Faladas no Estado de Mato Grosso do Sul.
 
O presente projeto tem como objetivo documentar, descrever, analisar e comparar línguas que são faladas no estado de Mato Grosso do Sul: Guarani Ñandéva e Kaiowá (ambas da família Tupí Guaraní), Kinikinau e Terena (ambas da família Aruák), Ofayé e Guató (Tronco Macro-Jê) e Kadiwéu (família linguística Guaicuru). A partir do levantamento dos estudos linguísticos dessas línguas, buscar-se-á a ampliação dos dados linguísticos, revisão e aprofundamento das descrições já realizadas, bem como a comparação de línguas geneticamente relacionadas entre si e com outras línguas situadas fora do estado de Mato Grosso do Sul. A pesquisa viabilizará a produção de gramáticas, dicionários e materiais didáticos para o ensino de línguas indígenas nas escolas indígenas da região.
 
Temas de orientação: Documentação, análise, descrição e comparação de línguas indígenas brasileiras; bilinguismo em comunidades indígenas; formação de professores indígenas de língua materna e de segunda língua; ensino de português como segunda língua; ensino de língua indígena como primeira língua.


4 - Projeto de Pesquisa: Ensino da escrita e letramento linguístico: diagnóstico de aprendizagem e ações de qualificação a docentes em formação e em serviço
 
Professora Responsável: RUTE IZABEL SIMOES CONCEICAO
 
Descrição: Com esta pesquisa pretendemos incrementar e fortalecer os estudos a respeito do ensino-aprendizagem da escrita, de modo a contribuir efetivamente para: a) os estudos da linguagem em uso por parte do professor em formação nos cursos de Graduação e de Pós-Graduação em Letras e de docentes do Ensino Básico em serviço; b) o desenvolvimento de pesquisa-ação para diagnosticar níveis de aquisição da escrita e problemas de ensino-aprendizagem da produção textual escrita; c) a identificação de possíveis falhas no processo de elaboração e aplicação de teste diagnóstico de aquisição da escrita, na análise e na interpretação de dados; d) a orientação do processo de busca de soluções para problemas de linguagem diagnosticados com vistas a melhorar a qualidade dos letramentos em Língua Portuguesa na Região foco da pesquisa; e) o favorecimento da autonomia de pesquisadores em formação no tocante à produção de materiais didáticos e paradidáticos condizentes com a realidade local diagnosticada; f) o estímulo de práticas inter e transdisciplinares no contexto escolar para agilizar a solução de problemas de aprendizagem da escrita diagnosticados.
 
Temas de orientação: Práticas de leitura e escrita em língua materna; Leitura e produção textual.
 

 b) Linha de Pesquisa: ESTUDOS DE LÍNGUA(GENS) E DISCURSO
 
1 - Projeto de Pesquisa: Cultura, intolerância e identidade: as fronteiras do discurso

Professora Responsável: RITA DE CASSIA APARECIDA PACHECO LIMBERTI

Descrição: A proposta do trabalho de pesquisa é identificar as manifestações (e razões) da intolerância nos discursos em situação de contato cultural e conseqüente desestabilização da identidade, considerando-se que existe todo um processo histórico que determina essa intolerância por meio de fenômenos de interferência e influência mútua, porém assimétrica, entre os grupos culturais em contato. Propõem-se, ainda, procurar conhecer a trajetória da intolerância nos processos aculturativos, considerando diacronicamente seus estágios, bem como verificar a intolerância como fator de perda de identidade. A pesquisa se dará no município de Dourados-MS, caracterizado por uma população formada por múltiplos grupos de migrantes, por possuir uma das maiores reservas indígenas do país e por se situar na região Centro-Oeste (considerada uma região periférica), especialmente na faixa de fronteira, em proximidade com o Paraguai.  As situações de contato cultural a serem observadas poderão compreender sujeitos de mesma ou de outra nacionalidade, etnia, condição econômico-social, gênero, orientação sexual, colocando em questionamento e em discussão o conceito de “fronteira” e de “cultura”. O corpus será composto por textos da literatura local, notícias de jornais locais, registros de fala informais ou institucionais e ou outras formas de linguagens e suportes
 
Temas de orientação: Discursos assimétricos, sujeitos oprimidos, intolerância, preconceito, processos não verbais de produção de significação e de sentido.
 
 2 - Projeto de Pesquisa: DISCURSOS CONTEMPORÂNEOS: O CASO DOS MIGRANTES

Professor Responsável: MARCOS LUCIO DE SOUSA GOIS
 
Descrição: Neste projeto, reforça a tese de que, para se compreenderem nossas sociedades ocidentais, torna-se essencial investigar seus discursos. Entre outros enfoques, respeitando suas particularidades, explora-se: a Análise do Discurso (Michel Foucault/Teun van Dijk), a Filosofia da Linguagem (Mikhail Bakhtin) e as Ciências Sociais Crítica (Boaventura de Sousa Santos). O projeto prevê o levantamento de dados na mídia brasileira e em outras esferas, e sua respectiva análise, para a construção de saber acerca da “migração”. Far-se-á, por meio da pesquisa bibliográfica e da documental, um tratamento qualitativo e interpretativo. A escolha deste pesquisador por formar e analisar um conjunto de textos heterogêneos (de diferentes gêneros e no interior de diferentes campos/esferas) pressupõe um recorte aleatório e, igualmente, a consideração de que estas materialidades estarão inseridas num sistema verbo-visual. Em vista disso, deseja-se mapear e analisar discursos a respeito da “migração” que se puseram (e se põem) a circular pelas esferas sociais e problematizar como se estabelecem os embates entre discursos em certas materialidades. Espera-se com isso produzir conhecimento em relação à “migração”, contribuído para um melhor entendimento das implicações sociais e políticas das ideologias.
 
Temas de orientação: Discursos (midiáticos, políticos, educacionais, religiosos, etc.) e migração (emigração; imigração); Discurso e migração em Mato Grosso do Sul. 

 
3 - Projeto de Pesquisa: A Explosão cultural na latino-américa: interfaces semióticas entre literatura, audiovisual e imagens
Professora Responsável: GICELMA DA FONSECA CHACAROSQUI TORCHI
 
Descrição: A pesquisa tem como objetivo principal a investigação de textos “fontes” artístico-culturais que compõem o corpus cultural, literário e cinematográfico hispano-americano a partir do século XX, especificamente textos dos autores brasileiros, em particular os que vivem em região de fronteira (tais como Hernáni Donato no texto literário Selva Trágica, e Roberto de Farias na tradução intersemiótica do texto homônimo Selva Trágica para o cinema); procurando investigar o universo e a tematização socioculturais nos textos desses autores, ampliando a imagem do mosaico como  macrotexto cultural do universo regional sul-mato-grossense. Busca-se, assim, agregar análises e reflexões semiodiscursivas sobre a questão da espacialidade e representação sociocultural presentes nestas obras, com vistas à constituição de um corpus das práticas culturais específicas, barroco-mestiças que marcam determinado espaço cultural, de forma a complementar e contribuir com produção da linha de pesquisa à qual se vinculará: “Cultura e Ambientes Midiáticos, grupo de pesquisa do Programa de Comunicação e Semiótica da PUC de São Paulo” e IVI- PORÃ grupo de pesquisa da UFGD.Trata-se de pesquisa teórico-crítica, de natureza semiótica, cuja bibliografia contribuirá para a formulação do conceito de “região cultural” latino-americana e suas conturbações, especificamente as regiões de fronteira brasileiras sublinhando-se o caráter híbrido, barroco e mestiço das práticas culturais reproduzidas nesses espaços. O referencial teórico-bibliográfico alicerça-se por uma Teoria da Comunicação, voltada para a América Latina (Martín-Barbero, Néstor Canclini), pela Semiótica da Cultura, dirigida às conexões entre os textos e seus códigos (Lótman, Bakhtin, Tinianov) e reflexões específicas sobre “barroco” e mestiçagem (Severo Sarduy, Haroldo de Campos, Lezama Lima, François Laplantine, Alejo Carpentier, Amálio Pinheiro).
 
Temas de orientação: Fronteira, mídias locais; Cultura sul-mato-grossense e sul-americana; Intersemiose; comunicação; Barroco e mestiçagem.

4 - Projeto de Pesquisa: A constituição do sujeito na mídia contemporânea

Professora Responsável: SILVIA MARA DE MELO
 
Descrição:Descrição: Propomos, neste projeto de pesquisa, examinar, à luz da análise do discurso de tendência francesa, o discurso midiático, principalmente o que diz respeito à constituição da subjetividade daquele que se encontra sob as lentes da mídia. Serão objetos de estudos os discursos que circulam na internet, tais como: notícias, charges, vídeos, facebook, entrevistas televisivas, e também filmes, principalmente o que diz respeito à constituição da identidade do sujeito. Em se tratando de filmes, nosso recorte se dá com a seleção do cinema nacional, pretende-se examinar a partir do universo ficcional a constituição da identidade do brasileiro. O universo ficcional, principalmente as comédias, têm a função de entreter, mas o humor pode ir além dessa função. Espera-se desenvolver leituras de textos teóricos do âmbito linguístico, bem como desenvolver análises de textos midiáticos a fim de estabelecer uma relação entre essas duas áreas: a mídia e a análise do discurso.
 
Temas de orientação: Análise do discurso de tendência francesa, cujo corpus de pesquisa pode tratar de diferentes discursos ou enunciado institucional, a saber: o político, o midiático, o educacional, o jurídico etc.
 
 


CONTATO


Rodovia Dourados/Itahum, Km 12 - Unidade II | Caixa Postal: 364 | Cep: 79.804-970
(67) 3410-2013
mestradoletras@ufgd.edu.br

Fim do conteúdo da página