acessibilidade

Início do conteúdo da página

Projetos Desenvolvidos


Eficácia da homeopatia do pacu submetido a estresse térmico
Descrição: O estresse promovido pelas mudanças térmicas são desfavoráveis a saúde dos peixes. A utilização das substancias homeopáticas podem minimizar os efeitos do estresse promovendo bem estar. Este trabalho faz parte de uma linha de pesquisa sobre Adaptações de organismos aquáticos ao manejo de cultivo. A linha de utilização de produtos que visem a homeostasia destes organismos pode ser promissora e rentável para o sistema de produção aquícola. O objetivo desta proposta é avaliar a eficiência da utilização de homeopatia na mitigação dos efeitos do estresse por choque térmico.
Situação: Em andamento;
Coordenador: Claucia A. Honorato da Silva

Criação de surubim (Pseudoplatystoma sp.) em tanque rede: Exigência de proteína e carboidrato
Descrição: O projeto em pauta tem como objetivo estudar a relação proteína/carboidrato em dietas para surubim na fase final de crescimento. Com este fim será realizado um ensaio de crescimento em escala comercial no qual serão testadas dietas, com substituição gradativa de proteína digestível da dieta por carboidratos, avaliando-se a possibilidade de troca parcial da fração protéica pela glicídica. Serão analisados: o crescimento, a eficiência de retenção de nutrientes, a composição corporal e a atividade das enzimas do metabolismo protéico. Propomos, portanto obter respostas das enzimas do metabolismo intermediário inter-relacionada com o desempenho produtivo de surubim na sua fase final de crescimento no sistema produtivo. Além disso, através destas respostas, esperamos obter uma dieta que melhor atenda às exigências de surubim na fase final de crescimento, proporcionando, melhor desempenho produtivo e, conseqüentemente, prevenindo perdas econômicas nos sistemas de produção aqüícola.
Situação: Em andamento.
Coordenador: Claucia A. Honorato da Silva

 
Frequência de arraçoamento para alevinos de pacu
Descrição: A frequência de arraçoamento para peixes é de suma importância na piscicultura em todas as fases de desenvolvimento dos animais, podendo resultar em crescimento e redução de despesas. O objetivo do presente projeto será avaliar efeitos das diferentes frequências alimentares em alevinos de pacu (Piaractus mesopotamicus) e as respostas quanto ao desempenho zootécnico, composição centesimal da carcaça dos peixes, índice de gordura visceral, quociente intestinal, crescimento das fibras musculares esqueléticas dos alevinos e a altura média dos vilos intestinais. Para tanto, será conduzido um experimento na Universidade Estadual do Oeste do Paraná ou Na faculdade de Ciências Agrárias da UFGD e serão utilizados 160 alevinos de pacu (P. mesopotamicus). Os peixes serão acondicionados em 20 caixas/tanques, em um delineamento experimental inteiramente casualizado com 4 tratamentos e 5 repetições. Em cada unidade demonstrativa serão acondicionados 8 peixes, e o período experimental terá duração de 60 dias. Os peixes serão alimentados com ração comercial contendo 32% de proteína bruta e diâmetro condizendo com o tamanho da boca dos peixes, e o manejo alimentar adotado será preparado para atender a alimentação uma vez ao dia aos peixes do tratamento 1 (às 14:00 horas), duas vezes ao dia aos peixes do tratamento 2 (8:00 e 17:00 horas), três vezes ao dia para os peixes do tratamento 3 (8:00; 14:00 e 17:00 horas) e quatro vezes ao dia para os peixes do tratamento 4 (8:00; 11:00; 14:00 e 17:00 horas). A oferta de alimento será realizada de maneira igualitária (mesma quantidade para todos os tratamentos) a todas as frequências avaliadas, respeitando o fracionamento da quantidade diária fornecida. Espera-se obter os melhores resultados de frequência alimentar para alevinos de pacu verificando as possíveis alterações que os regimes podem proporcionar aos peixes.
Situação: Em andamento
Coordenador: Dacley Hertes Neu

Fontes de fertilizantes orgânicos e probióticos em cultivo de tilápia do Nilo.
Descrição: O objetivo da proposta é avaliar o desempenho produtivo de alevinos de tilápia do Nilo submetidas as diferentes fontes de fertilizantes orgânicos alimentadas com ração contendo probiótico comercial. O experimento terá duração de 60 dias, no qual os animais serão submetidos a um delineamento experimental inteiramente casualizado em um cultivo sem fonte de fertilizante orgânico e fontes de fertilizantes mais probiótico comercial (fertilizante bovino + 5 mg de probiótico/kg de ração; fertilizante de aves + 5 mg de probiótico/kg de ração; fertilizante ovino + 5 mg de probiótico/kg de ração) com quatro repetições. O sistema de recirculação de água fechada será composto por 16 unidades experimentais com volume de 50 L e cada unidade experimental será constituída por uma caixa contendo 40 peixes. As biometrias acontecerão quinzenalmente em que serão acompanhadas as variáveis de desempenho produtivo. Serão monitorados os parâmetros das variáveis físico e químicas de água. Ao final do experimento, serão coletados aleatoriamente amostras de peixes e rações experimentais que serão encaminhados para análises de composição química proteína bruta, lipídeos totais, umidade e cinzas, todos determinados em triplicata. Serão selecionados aleatoriamente três indivíduos tanto dos peixes quanto os camarões para extração do intestino a fim de quantificar o número de coliformes totais, bactérias totais e colonização pelos probióticos. De posse dos dados de desempenho produtivo dos experimentos, serão verificados os pressupostos de normalidade e homogeneidade à 5% dos resíduos, pelos testes de Shapiro-Wilk e Levene. Os mesmos serão submetidos à ANOVA, com 5% de significância e, em caso de diferença significativa entre pelo menos um dos tratamentos as médias serão comparadas por Tukey à 5%. Ao final do projeto espera-se determinar a fonte de fertilizante mais adequada no manejo e crescimento de alevinos de tilápia do Nilo submetido a probiótico comercial.
Situação: Em andamento.
Coordenador: Daniele Menezes Albuquerque

Policultivo de tilápia do Nilo com camarão de água doce submetidos à probióticos.
Descrição: O objetivo da proposta é avaliar o desempenho produtivo de alevinos de tilápia do Nilo e pós larvas de camarão de água doce alimentadas com ração contendo os probióticos Bacillus cereus var. Toyoi e Bacillus subtilis C- 3102.
Situação: Em andamento.
Coordenador: Daniele Menezes Albuquerque
 
Bioflocos como ferramenta de desenvolvimento tecnológico sustentável da carcinicultura de água doce na Região de Grande Dourados - MS.
Descrição: O experimento de larvicultura objetiva-se avaliar o desempenho produtivo de Macrobrachium rosembergii mediante as diferentes concentrações de inoculo de bioflocos no sistema de recirculação de água.
Situação: Em andamento.
Coordenador: Daniele Menezes Albuquerque
 
Inclusão de probiótico na ração para diferentes linhagens de tilápia do nilo
Descrição: O objetivo deste projeto é avaliar o desempenho produtivo, qualidade de água de cultivo de sistema de recirculação de água, custos operacional de produção, microbiologia intestinal e composição corporal de alevinos de três linhagens de tilápia com rações formuladas contendo probióticos em duas fases de cultivo.
Situação: Em andamento
Coordenador: Daniele Menezes Albuquerque
 
Efeito de probiótico comercial e densidade de estocagem durante o transporte de pós larvas de camarão de água doce Macrobrachium rosembergii, na Região de Grande Dourados - MS.
Descrição: Objetiva-se avaliar qual a concentração de probiótico inseridos na e densidade de estocagem durante o transporte em pós larvas de camarão de água doce, Macrobrachium rosembergii. Previamente, no laboratório de origem, os animais serão submetidos por um processo depuração com tempo de duração de 24 horas antes de serem embalados e transportados. O transporte será feito por meio de embalagens plásticos sendo quatro sacos com densidade de 250 pós larvas\L; 4 com densidade de 50 pós larvas\L; 4 com densidade 75 pós larvas \L e 4 com densidade de 100 pós larvas \L. O delineamento experimental será inteiramente casualizado, de forma que os animais serão coletados de forma aleatória e consequentemente embalados para o transporte. Para cada densidade testada, serão ainda avaliados a utilização de probióticos, sendo os tratamentos: 0 mg de probiótico/L de água; 10 mg de probiótico/L de água, 15 mg L de probiótico de água. Serão contados, pesados após a chegada dos animais no Laboratório de Aquicultura da Universidade Federal da Grande Dourados estimada a sobrevivência e acondicionados em aquários para serem contabilizados, pesados e estimar novamente a sobrevivência após 24 horas.
Situação: Em andamento.
Coordenador: Daniele Menezes Albuquerque

Avaliação de parâmetros genéticos em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) melhoradas geneticamente
Situação: Em andamento.
Coordenadora: Sheila Nogueira de Oliveira
 

Extensão


Piscicultura como ferramenta de interação universidade e sociedade.
Descrição: Este projeto tem por objetivo difundir conhecimentos acerca da piscicultura na cidade de Dourados e promover uma piscicultura ambientalmente responsável e ética por meio de ações e estratégias que inter-relacionem a sociedade e a universidade.
Situação: Em andamento.
Coordenador: Daniele Menezes Albuquerque

Aqua Escola Kids
Descrição: Ação voltada ao público infantil em parceria com escola privada de ensino, com objetivo de incentivar as crianças a se alimentarem de peixes e especies aquaticas, bem como ensinar cuidados básicos com animais pet de aquarios, especies e variedade de peixes, como de forma divertida montar um aquario. A metodologia acontece de forma divertida por meio de contação de histórias, fantoches, diálogo, desenhos para colorir, atividades práticas, como passo a passo para construção de um aquário com variedade de peixes e plantas, de forma divertida e interativa.
Situação: Em andamento
Coordenador: Sheila Nogueira de Oliveira

Liga Acadêmica de Engenharia de Aquicultura
Descrição: Ação em parceria Universidade - Comunidade, na busca por troca de experiencia e aprendizado mútuo, participativo e dialógico.
Situação: Em andamento.
Coordenador: Sheila Nogueira de Oliveira


Ensino
 

Museu de organismos aquáticos marinhos
Descrição: O objetivo do presente projeto será iniciar a construção de material didático/pedagógico para formação de Museu de Ecossistemas Marítimos que atenderá a disciplina de Ecossistemas Marítimos no curso de Engenharia de Aquicultura. Serão coletados diversos organismos aquáticos marinhos, estuarinos e de água salobra, nos quais destacam-se os cnidários, celenterados, crustáceos, moluscos, equinodermos, peixes e macroalgas dos diferentes ecossistemas marítimos. Os exemplares preservados devem ser acondicionados em sacos plásticos resistente contendo líquido Página 4 de 9 conservador suficiente para cobrir completamente. Uma etiqueta de papel vegetal resistente, contendo as informações sobre a amostra (local, data, horário, parcela, método de coleta, tipo de solução preservativa, nomes dos coletores, e outros dados úteis para o estudo) deve ser incluída com a amostra, dentro do saco plástico. O conjunto de sacos plásticos contendo as amostras obtidas nos diferentes locais deve ser acomodado em bombonas plásticas resistentes e com tampa à prova de vazamentos, com espaço suficiente para que os exemplares não sejam amassados ou danificados de qualquer outra forma. A identificação taxonômica deverá ser realizada com uso de chaves de classificação específicas. As amostras dos organismos aquáticos marinhos deverão ser depositadas em no Museus de Organismos Aquáticos Marinhos da Universidade Federal da Grande Dourados.
Situação: Em andamento
Coordenador: Daniele Menezes Albuquerque
  
Acervo didático de peixes para Engenharia de Aquicultura
Descrição: O curso de Engenharia de aquicultura da UFGD é o curso mais novo da FCA. Existem diversas situações em que o uso de material biológico é importante para determinar as diversas particularidades e peculiaridades encontradas nas diferentes espécies. O objetivo desse projeto é proporcionar um acervo de peixes com diferentes espécies de peixes de água doce e salgada, para que, durante a disciplina de Animais Aquáticos Cultiváveis I, os alunos possam identificar os diferentes sistemas orgânicos e anatomia dos peixes. Para tanto, serão feitas campanhas (coletas de peixes) em rios e produtores aquícolas, com a finalidade de se obter o maior número possível de espécies de peixes, além de ser adquirido, quando possível, peixes de água salobra e salgada, não encontrados na região da Grande Dourados. O projeto terá duração de 12 a 18 meses, e contará com acadêmicos da segunda e terceira turma do curso de Engenharia de Aquicultura e quando solicitado para o curso de Zootecnia. Esse material, após coletado será fixado em formol e acondicionados em frascos de vidro com tampa e dispostos em uma estante com a finalidade de uso em aulas práticas, servido ao mesmo tempo como um acervo para quando os acadêmicos necessitarem fazer suas consultas. Espera-se obter o maior número de exemplares possíveis para atender a demanda dos alunos e satisfazer as necessidades das aulas práticas.
Situação: Finalizado
Coordenador: Dacley Hertes Neu


CONTATO

Rodovia Dourados/Itahum, Km 12 - Unidade II | Caixa Postal: 364 | Cep: 79.804-970
(67) 3410-2412
eng.aquicultura@ufgd.edu.br
Fim do conteúdo da página