acessibilidade

Início do conteúdo da página

Infraestrutura


O prédio da FAIND, que, quando finalizadas as obras, terá o dobro da atual área construída, conta no momento com: •9 (nove) salas de trabalho e orientação, no piso superior, com acesso cabeado e wifi à internet, para os docentes da FAIND. Cada uma possui área equivalente a 23m2 e foram projetadas para uso comum de três professores por sala, cada qual com sua mesa e armário. •1 (uma) sala, no piso superior, para a direção da faculdade, com computador, mesa, telefone, armários e mesa ampla para reuniões. •1 (uma) sala, no piso superior, onde ficam a secretaria da direção e a coordenadoria administrativa da faculdade, equipadas com telefones, computadores,impressora, telefones, mesas de trabalho e armários. •1 (uma) sala ampla, no piso superior, onde funcionam as duas secretarias dos cursos de graduação, com um balcão de atendimento aos acadêmicos e um espaço onde os acadêmicos podem utilizar o computador para consultas ao sistema acadêmico e para trabalhos rápidos. A secretaria está equipada com telefones, computadores, impressora, armários, mesas de trabalho e cadeiras. •1 (uma) sala, no piso superior, onde funciona a secretaria acadêmica, equipada com computadores, impressora, telefone, mesa de trabalho, armários e cadeiras para atendimento aos acadêmicos e professores. •1 (uma) sala no piso térreo onde funcionará a secretaria da pós-graduação e contará com mobiliário necessário para seu funcionamento, bem como ramal telefônico. •5 (cinco) salas de aula amplas, equipadas com ar condicionado, cadeiras e quadro branco, sendo 4 (quatro) no piso térreo e 1 (uma) no piso superior. Todas possuem acesso à internet cabeada e wifi. Possuem também suporte para Datashow. •1 (uma) sala, no piso superior, equipada com computador, mesa ampla, 2 (duas) impressoras a laser e cadeira, onde funciona a reprografia da faculdade. •1 (uma) sala no piso superior destinada ao Projeto Saberes equipada com 3 mesas, cadeiras, armários, aparelho de TV, computadores e aparelho telefônico. • 1 (uma) sala no piso superior destinada à copa, equipada com fogão a gás, armário, geladeira, freezer, micro-ondas, pia, mesa e cadeiras. •1 (uma) sala no piso inferior destinada à guarda dos materiais de limpeza. •1 (uma) sala no piso inferior destinada ao laboratório de recursos didáticos, equipada com ar condicionado, 16 computadores (Sistema operacional Windows 10, pacote Libre Officer, processador de 3,8 Ghz, memória de 4 GB e HD de 1 Teratyte, monitor de 21" e acesso à internet de 15 Gb de velocidade), mesas em formato de ilha, cadeiras, mesa e cadeira para docente e quadro branco. •8 (oito) banheiros femininos, sendo 4 (quatro) no térreo e 4 (quatro) no piso superior. Deles 2 (dois) são adaptados para portadores de necessidades especiais. •8 (oito) banheiros masculinos, sendo 4 (quatro) no térreo e 4 (quatro) no piso superior. Deles 2 (dois) são adaptados para portadores de necessidades especiais.
O programa conta com 1 laboratório para pesquisa equipado com 16 computadores online, no prédio da FAIND, e, em outros espaços da UFGD, tem as seguintes estruturas disponíveis:
- Laboratórios da Biblioteca Central;
- Laboratório de Biologia Geral, equipado com balanças, computador, estante de aço, medidor de pH, mesas de madeira, microscópios binoculares, microscópio trinocular, televisor de plasma, balança eletrônica, centrífuga, contador de células, destilador de água, estufa para esterilização, forno de microondas, geladeira 280 litros, micrótomo manual portátil, paquímetro, câmera digital e microscópio estereoscópico;
- Laboratório de Botânica, equipado com ar condicionado, computador, geladeira, liquidificador, mesa com estrutura de metal, micro-ondas, microscópios ópticos binoculares, monitores LCD, televisor de plasma, estante e arquivo de aço, balcão de metal, estante de aço, mesa de madeira, câmera digital e microscópio estereoscópico;
- Laboratório de Zoologia, equipado com computador, microscópios estereoscópicos, microscópio óptico binocular, agitadores magnéticos, armário de aço, geladeira, câmera digital e microscópio estereoscópico; - Laboratório de Ensino, equipado com bancada de laboratório, modelos de coluna vertebral, estante de aço, modelo biológico de órgãos humanos, televisor de plasma, aparelho de DVD e lupa estereoscópica binocular;
- Laboratório de Entomologia, equipado com ar condicionado, cadeiras giratórias, computador, estantes de aço, mesa com tampa de madeira, microscópios ópticos binoculares, microscópios estereoscópicos binoculares, retroprojetor, televisor de plasma, armários de aço, estufa para esterilização e câmera digital;
- Laboratório de Ecologia de Insetos equipado com mesas para desenho, estereoscópios, destilador, computador, microscópio binocular, armário de madeira para coleção entomológica, estante de aço e impressora.
- Laboratório Vivo de Práticas de Agricultura Alternativa com uma área total de 5.000 m2, com canteiros de hortaliças, plantas medicinais, leiras de compostagem a céu aberto, sementeiras de plantas diversas e um modelo de sistema agroflorestal.
- Laboratório GEOLUTAS dispõe de: 01 sala de reunião e pesquisa ;4 microcomputadores online; 03 impressoras laser multifuncionais;01 projetor multimídia; Filmadora; Câmera fotográfica; GPS Etrex HC; Acervo documental impresso e digital do Dataluta/PR (banco de dados da luta pela terra);
- ACERVO DOCUMENTAL E IMAGÉTICO DA CPT-MS (Comissão Pastoral da Terra), dispõe de extenso acervo de documentos históricos sobre os conflitos fundiários no MS, bem como equipamentos para digitalização e comunicação em rede. (Convênio CPT-UFGD)
- LIFE – Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores da UFGD, fomentado pela CAPES, objetiva a criação de espaços e recursos para a formação docente, e visa promover a interação entre os cursos de formação de professores, bem como desenvolver atividades de caráter interdisciplinar envolvendo os professores e acadêmicos das licenciaturas e rede pública de ensino.
- LEF - Laboratório de Estudos de Fronteiras - congrega pesquisas numa perspectiva interdisciplinar, focados nos aspectos gênero, identidade, memória, cultura, representação, violência, religiosidade, dentre outros temas, especialmente os estudos na fronteira. Dispõe de amplo acervo de dados sobre assentamentos rurais, enovos espaços possíveis a partir da Reforma Agrária.
- LEPHI – Laboratório de ensino e pesquisa de história indígena, dispondo de acervos básicos acerca da cultura material, das fontes iconográficas, Dados da Proposta de Programa/Curso Novo Número/Ano: 92/2018 Instituição de Ensino: UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS Nome do Programa: Educação e Territorialidade Proposta em Associação?: NÃO Área de Avaliação da Submissão: INTERDISCIPLINAR Área Básica da Submissão: SOCIAIS E HUMANIDADES Modalidade: ACADÊMICO Nível(eis): Mestrado 05/12/2018 13:27:00 10 cartográficas audiovisuais e bibliográficas, representativos da história das etnias indígenas sul-mato-grossenses; espaço para produção de material didático visando acolher a demanda de professores indígenas;
- LEDI - Laboratório de Línguas, Educação e Interculturalidade. Voltado ao estudo de línguas, com ênfase em línguas indígenas e pesquisas interdisciplinares.


CONTATO

Rodovia Dourados/Itahum, Km 12 - Unidade II | Caixa Postal: 364 | Cep: 79.804-970
(67) 3410-2626/2627
faind.ppget@ufgd.edu.br
 
Fim do conteúdo da página