acessibilidade

Início do conteúdo da página

Novembro
24
2021

Oficinas tecnológicas são ministradas na escola Professor Alício Araújo

  Atualizada: 24/11/2021

A oficina tem como objetivo promover a reflexão dos estudantes sobre a percepção da imagem corporal ao usar mídias sociais

oficina5

 
Estudantes do 2º e 3º anos do Ensino Médio da Escola Estadual Professor Alício Araújo, no município de Dourados, estão tendo oportunidade de participar, de setembro a novembro, de oficinas tecnológicas, ministrada pela professora doutora Valguima Victoria Viana Aguiar Odakura, dos cursos de Engenharia de Computação e Sistemas de Informação, da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

A ação, coordenada pelo professor Kennedy Silva das disciplinas técnicas, faz parte do projeto que é uma parceria da Escola Estadual Alício Araújo com o grupo Educacional Ponte da UFGD e a Universidade Pompeu Fabra (Espanha).

FERRAMENTA COLABORATIVA
 
Durante as oficinas os estudantes estão aprendendo a utilizar a ferramenta colaborativa para trabalhos em grupos Pyramid App, desenvolvida pela Universidade Pompeu Fabra na Espanha e usada pela primeira vez aqui no Brasil com a escola, em que cada aluno usa um computador de forma individual e interage com os colegas apenas pela ferramenta abordando o tema Pegada Digital.

A oficina tem como objetivo promover a reflexão dos estudantes sobre a percepção da imagem corporal ao usar mídias sociais. Este tema é especialmente importante para adolescentes, pois, estando na fase de transição da infância para a vida adulta, acabam sendo mais sensíveis às questões sobre imagem corporal.
 
HEROÍNAS DIGITAIS
 
Além desta ação, a convite do professor Kennedy, as alunas do 2º ao 3º ano do ensino médio tiveram uma oficina com a acadêmica Emely Vitória Vasconcelos Albernaz Lopes, criadora do Heroínas Digitais em Dourados a egressa do Curso de Engenharia de Computação da UFGD, para falar sobre equidade de gênero.
 
Heroínas Digitais é um projeto parceiro do programa Meninas Digitais da Sociedade Brasileiro de Computação (SBC), que visa o empoderamento feminino nas escolas e o acolhimento de meninas na Universidade. Os estudantes o 2 º anos deverão dar continuidade ao projeto no ano de 2022.

Texto e imagens: Secretaria de Educação do Estado de MS
 

oficina1

As oficinas estão sendo ministradas pela professora doutora Valguima da UFGD
 

oficina 3

Oficina ocorre desde setembro na unidade escolar de Dourados
 

oficina4

 

 

 
a44

 


 




    Fotos