acessibilidade

Início do conteúdo da página

Abril
06
2020

​INFLUENZA: Ministério altera grupos prioritários e professores serão vacinados a partir de 9 de maio

  Atualizada: 06/04/2020

O Ministério da Saúde incluiu novas categorias profissionais entre os grupos prioritários para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e agora os professores do ensino básico ao superior, cujas aulas estão suspensas, passarão a ser vacinados na terceira fase da campanha, com início no dia 9 de maio.

A UFGD está entre os postos de vacinação pelo sistema “drive-thru”, na entrada do cineauditório da Unidade 1 (Reitoria), ou seja, pela Rua Gustavo Pavel, e fará a primeira participação na campanha na manhã desta quarta-feira, 8 de abril, das 8h às 12h, para idosos e trabalhadores da saúde. A quantidade de doses disponíveis dependerá do fornecimento que o Ministério da Saúde está fazendo ao Núcleo Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, que é o realizador da campanha em Dourados.

Os professores entrarão em 9 de maio na terceira fase de vacinação, porém, caso apresentem doenças crônicas, devem se vacinar ainda na segunda fase, a partir do dia 16. Para essa campanha, independentemente da idade, mas condicionado a apresentação de atestado médico, são consideradas pessoas com doenças crônicas, as que possuem: Doença respiratória crônica; Doença cardíaca crônica; Doença renal crônica; Doença hepática crônica; Doença neurológica crônica; Diabetes; Imunossupressão; Obesos; Transplantados e Portadores de trissomias. 

Confira os dias de vacinação na UFGD e os grupos prioritários em cada fase da campanha: 

1ª fase – dias 8 e 15 de abril – Idosos (60 anos e mais) e trabalhadores da saúde; 


2ª fase – dias 16, 17, 22, 23, 29, 30 de abril e dias 6, 7 e 8 de maio – Profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; Funcionários do sistema prisional; Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e; Caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários; 

3ª fase – dias 13, 14, 15, 20, 21 e 22 de maio – Professores das escolas públicas e privadas; Crianças de 6 meses a menores de 6 anos; Gestantes; Puérperas e; povos indígenas.  

A mudança nos grupos prioritários contempla a inclusão dos caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, sob a justificativa de que as medidas adotadas para o enfrentamento da pandemia deverão resguardar o exercício e o funcionamento dos serviços públicos e atividades essenciais. 

Além disso, a versão atualizada do cronograma da UFGD retirou os dias 9 e 10 de abril e 1º de maio como data de vacinação, por conta de pontos facultativos e feriados. 

SOBRE A VACINAÇÃO
 
Mesmo que a vacina contra Influenza não tenha eficácia contra o novo coronavírus (covid-19), a campanha faz parte das medidas que a Universidade está adotando para  auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para covid-19, já que os sintomas são parecidos, e isso irá ajudar a reduzir a procura por serviços de saúde.
 
Iniciada em 24 de março pelo Ministério da Saúde, a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza será realizada até 23 de maio de 2020, com o “D” de mobilização nacional marcado para 9 de maio.
 
A USU vem colaborando, nos últimos três anos, com as campanhas contra a Influenza e outras doenças, buscando atender as demandas dos grupos prioritários de servidores, bem como de toda comunidade acadêmica da UFGD.
 
Saiba mais sobre os grupos elencados pelo Ministério da Saúde: 
• Crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias);
• Trabalhador de Saúde: todos os trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade;
• Gestantes: em qualquer idade gestacional;
• Puérperas: no período até 45 dias após o parto;
• Professores: todos os professores das escolas públicas e privadas;
• Povos indígenas: toda população indígena, a partir dos seis meses de idade;
• Adultos de 55 anos a 59 anos: mediante apresentação de documento que comprove a idade;
• Idosos de 60 anos ou mais de idade: mediante apresentação de documento que comprove a idade.
• Funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
• Caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários.
• Força de segurança e salvamento: mediante apresentação de documento que comprove sua atuação na força de segurança e salvamento;
• Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade: Doença respiratória crônica; Doença cardíaca crônica; Doença renal crônica; Doença hepática crônica; Doença neurológica crônica; Diabetes; Imunossupressão; Obesos; Transplantados e Portadores de trissomias. Obs: Mediante apresentação de atestado médico.


Jornalismo ACS-UFGD com informações da Nota Informativa número 12/2020/IMUNIZAÇÃO/DVS/SEMS e OFÍCIO Nº 171/2020/CGPNI/DEIDT/SVS/MS

vacinacao
Novo cronograma
 




    Fotos