acessibilidade

Início do conteúdo da página

Setembro
14
2022

Com foco na saúde mental da comunidade acadêmica, UFGD unifica ações e propõe reflexão sobre o Setembro Amarelo

  Atualizada: 14/09/2022

Atividades organizadas por diversos setores da universidade acontecem durante todo o mês visando o diálogo e a atenção ao tema

Setembro Amarelo

Campanha deste ano unifica ações realizadas para todos os públicos da universidade
 
No mês em que são colocadas em reflexão questões sobre saúde mental, a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) realiza uma ação conjunta entre seus setores a fim de chamar a atenção para o movimento Setembro Amarelo. Com atividades voltadas a todos os públicos da comunidade acadêmica, a instituição realiza desde o reforço na divulgação dos serviços de acolhimento psicossocial de que dispõe até uma caminhada temática.
 
ATENÇÃO PLENA
 
Para os estudantes, a Pró-reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (PROAE) organizou visitas às diversas unidades da UFGD. Com início nesta terça-feira (13/09), à tarde, na Moradia Estudantil, e, à noite, na Faculdade de Direito e Relações Internacionais (FADIR), as psicólogas do setor conversaram com os discentes e entregaram material sobre saúde mental e cartões com um QR Code que dá acesso a uma prática de atenção plena, técnica que consiste em focar a atenção na respiração para prevenção de depressão, de ansiedade e de estresse.
 
Na sexta-feira, dia 16 de setembro, as servidoras entregarão o material no Centro de Convivência (Unidade 2), a partir das 8 horas.
 
Também voltado aos discentes, o Atendimento de Plantão Psicossocial é um serviço permanente oferecido pela PROAE. Para agendar, basta entrar em contato às segundas e quartas-feiras, das 8h às 12h, pelos telefones (67) 99257-1523 – psicóloga Talita, às segundas – e (67) 99295-3410 – psicóloga Franciele, às quartas. Dúvidas sobre o serviço podem ser sanadas por WhatsApp ou pelos e-mails talitaflores@ufgd.edu.br e francieleoliveira@ufgd.edu.br.
 
Mais informações sobre o Atendimento Psicossocial da PROAE também podem ser conferidas na página https://www.ufgd.edu.br/secao/atendimento-psicossocial/index.

ufgd

​Servidora da PROAE durante ação da campanha Setembro Amarelo na UFGD

 


ACOLHIMENTO PSICOSSOCIAL
 
Para os servidores, a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP) faz um chamado para que técnicos e professores que sentirem necessidade, voltem a buscar o acompanhamento psicológico que é destinado aos trabalhadores por meio do Serviço Social e Psicologia da Seção de Saúde e Assistência ao Servidor.
 
O atendimento visa ajudar o/a servidor/a com seus problemas, identificando suas necessidades e seus limites. É totalmente gratuito e pode ser contactado pelos telefones (67) 3410-2780 e 3410-2787, pelo e-mail progesp.diass@ufgd.edu.br ou pessoalmente, na sala de atendimento da Divisão de Saúde, localizada na Unidade 1 da UFGD (Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso), das 7h às 19h.
 
CAMINHADA
 
Ainda, a PROGESP, em parceria com a Rede de Atenção Psicossocial de Dourados (RAPS), realiza no dia 24 de setembro, a partir das 8 horas, a I Ação e Caminhada Todos Pela Vida. O evento ainda está em fase de finalização da programação, mas será uma caminhada temática, aberta a todas as pessoas que quiserem participar, sem necessidade de efetuar inscrição.
 
O trajeto será da Praça Antônio João, no centro de Dourados, saindo pela Avenida Marcelino Pires em direção à Rua Hayel Bon Faker. De lá, os caminhantes seguem para a Rua Joaquim Teixeira Alves e retornam ao ponto de partida. Durante a concentração, o evento contará com apresentações culturais de artistas locais.
 
FILME E GRAVURAS
 
Quem passar pela Biblioteca Central neste mês de setembro, a partir do dia 15, poderá conferir a exposição artística “Um jardim só é jardim quando as plantas crescem”, composta por desenhos de autoria do estudante Daniel Dank, do nono semestre de Medicina da UFGD. Como artista, ele que se identifica como Dank, realiza trabalhos gráficos com pena G e nanquim sobre papel e já teve suas obras expostas em diferentes espaços de Dourados.
 
A ideia de dispor as obras em formato de exposição na Biblioteca, conforme Dank, se deu por ser o espaço um ambiente de grande trânsito e encontro de pessoas, além da possibilidade do silêncio, propício à contemplação. “A base da exposição é um indivíduo em sofrimento que atravessa as fases da vida e possui uma visão interna das coisas onde ele se imagina com esse esqueleto crescendo em seu corpo a partir do crânio”, elucida o artista, que desde 2015 realiza trabalhos voltados ao público.
 
“Tem uma brutalidade na exposição que é necessária. A gente precisa disso nesse debate. Não dá pra esconder essa parte, até porque eu estou ali enquanto artista, o estudante de Medicina fica para tentar justificar isso cientificamente”, diz Dank.
 
Além da mostra, a comunidade acadêmica poderá expressar seu apoio a colegas que se encontram em momentos difíceis deixando mensagens no Mural Amarelo, espaço especialmente destinado ao tema da saúde mental, preparado pelos servidores da Coordenadoria de Serviços de Biblioteca da UFGD, em parceria com a Biblioteca de Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).
 
Completando a programação, será exibido o filme “As vantagens de ser invisível”, do diretor Stephen Chbosky, que narra momentos de Charlie, um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola e se sente deslocado no ambiente. Seu professor de Literatura, no entanto, o vê como um gênio e Charlie começa a ter uma nova visão de si mesmo quando conhece dois irmãos, Patrick e Sam, que passam a construir com ele uma relação de amizade.
 
As sessões serão realizadas no dia 15 de setembro, próxima quinta-feira, às 9h e às 15h, na sala de treinamentos da Biblioteca Central. Para mais informações: biblioteca.csb@ufgd.edu.br.

 

Setembro AmareloSetembro Amarelo

Desenhos que integram a exposição do artista Dank

Jornalismo ACS/UFGD
 



    Fotos